Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça terá novo regulamento em 2015

Banner Prêmio

Entregue há 13 anos pelo Fórum Nacional de Comunicação e Justiça, o Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça tem o objetivo principal de prestar reconhecimento às melhores iniciativas da área de comunicação desenvolvida por instituições do Judiciário, Ministério Público, defensorias e entidades afins.

Com o intuito de aperfeiçoá-lo e torná-lo cada vez mais referência no âmbito de todo o Sistema de Justiça, a edição de 2015 contará com algumas mudanças importantes, dentre elas a alteração do período de veiculação e/ou de desenvolvimento dos trabalhos, que agora terão que ser referentes apenas ao ano anterior.

Dessa forma, estarão habilitados para concorrer na 13ª edição do Prêmio apenas os projetos realizados em 2014, sendo vedada a participação de trabalhos que já tenham concorrido na 12ª edição, entregue em agosto do ano passado, durante o Conbrascom sediado em Aracaju-SE.

“A mudança visa estabelecer um padrão para a premiação, tornando-a independente da data da realização do Congresso, que pode variar a cada ano”, explica Aline Castro, diretora de comunicação social do TRT-2 e atual coordenadora do Prêmio, ao lado de Cecília Abbati, do TJ-SP, Bruno Costa, do TJ-MG e Miriangeli Rovena Borges, do Ministério Público de Minas Gerais.

O regulamento terá, ainda, mudanças nas categorias e em detalhes da apresentação e envio dos trabalhos. A data prevista para divulgação do novo texto completo é 9 de março. Fique de olho!