Regulamebnto do Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça – 2016

Logo PNCJREGULAMENTO
PRÊMIO NACIONAL DE COMUNICAÇÃO E JUSTIÇA
XIV EDIÇÃO – CONBRASCOM 2016 – BELÉM / PA

Art. 1° – Da finalidade

O XIV Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça é uma iniciativa do Fórum Nacional de Comunicação e Justiça, organização não governamental sem fins lucrativos, fundada pelos assessores de Comunicação do Judiciário, do Ministério Público, defensorias, OAB, tribunais de contas e instituições afins, voltada ao desenvolvimento de debates e ações para aproximar as organizações públicas do cidadão.

O Prêmio é realizado anualmente e a premiação acontece durante o Congresso Brasileiro de Assessores de Comunicação da Justiça (CONBRASCOM).

Art. 2° – Dos Objetivos

O Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça tem o objetivo de:

  • Incentivar os trabalhos realizados pelas assessorias de comunicação do Poder Judiciário e de demais instituições do Sistema de Justiça, tais como Ministério Público, defensorias, OAB, tribunais de contas, entre outras;
  • Promover a troca de experiências entre os profissionais que trabalham na área de comunicação do Sistema de Justiça;
  • Contribuir para o aperfeiçoamento dos produtos e serviços no campo da comunicação pública, a partir do destaque de experiências bem sucedidas na área;
  • Destacar e reconhecer os melhores trabalhos realizados pelas assessorias de comunicação do Sistema de Justiça;
  • Estimular iniciativas na área da comunicação pública voltadas para o desenvolvimento da cidadania e para a aproximação entre os órgãos representados pelo FNCJ e a sociedade;
  • Constituir um banco de dados para pesquisadores da área de comunicação e afins;
  • Servir como referência histórica, documentando as atividades desenvolvidas no âmbito da comunicação na Justiça brasileira. 

Art. 3° – Das Categorias

1. MÍDIA IMPRESSA

Veículo de comunicação em formato impresso, com periodicidade definida, incluindo-se jornais, revistas, boletins, entre outros. O projeto deve ter sido executado ou supervisionado pela área de comunicação da instituição, sendo necessário que sua veiculação esteja dentro do período estabelecido neste regulamento (artigo 4º, parágrafo 4º, letra “a”).

2. MÍDIA DIGITAL

Veículo de comunicação em formato digital, com ou sem periodiciodade definida, incluindo-se boletins eletrônicos, newsletters, páginas da internet, entre outros. O projeto deve ter sido executado ou supervisionado pela área de comunicação da instituição, sendo necessário que sua veiculação esteja dentro do período estabelecido neste regulamento (artigo 4º, parágrafo 4º, letra “a”).

3. MÍDIA RADIOFÔNICA

Veículo de comunicação radiofônico, com ou sem periodicidade definida, de perfil nacional ou regional, incluindo-se boletins de áudio, podcasts, programas e reportagens em áudio. O projeto deve ter sido produzido ou supervisionado pela área de comunicação da instituição, sendo necessário que sua veiculação esteja dentro do período estabelecido neste regulamento (artigo 4º, parágrafo 4º, letra “a”). O arquivo deve ter duração máxima de 30 minutos.

4. PUBLICAÇÃO ESPECIAL

Produto jornalístico impresso, sem periodicidade definida, incluindo-se relatórios de gestão, calendários, cartilhas, entre outros. O projeto deve ter sido executado ou supervisionado pela área de comunicação da instituição, sendo necessário que sua veiculação esteja dentro do período estabelecido neste regulamento (artigo 4º, parágrafo 4º, letra “a”).

5. FOTOGRAFIA

Imagem relacionada à Justiça ou a atividades e projetos da instituição, produzida exclusivamente pela área de comunicação e publicada em canais da instituição ou fornecida a veículos de imprensa. A fotografia deve ter sido necessariamente veiculada dentro do período estabelecido neste regulamento (artigo 4º, parágrafo 4º, letra “a”).

6. REPORTAGEM ESCRITA

Reportagem jornalística do gênero informativo, publicada em veículo de comunicação da instituição. A reportagem deve ter sido necessariamente redigida pela área de comunicação da instituição, sendo necessário que sua veiculação esteja dentro do período estabelecido neste regulamento (artigo 4º, parágrafo 4º, letra “a”).

7. REPORTAGEM DE TV

Reportagem jornalística televisiva, veiculada em canais de comunicação institucionais ou externos. A reportagem deve ter sido produzida ou supervisionada pela área de comunicação da instituição, sendo necessário que sua veiculação esteja dentro do período estabelecido neste regulamento (artigo 4º, parágrafo 4º, letra “a”). A reportagem deve ter duração máxima de 7 (sete) minutos.

8. PROGRAMA DE TV

Veículo de comunicação audiovisual, com periodicidade definida, de perfil nacional ou regional. O programa deve ter sido produzido ou supervisionado pela área de comunicação da instituição, sendo necessário que sua veiculação esteja dentro do período estabelecido neste regulamento (artigo 4º, parágrafo 4º, letra “a”). O programa deve ter duração máxima de 30 (trinta) minutos. A inscrição deve contemplar o envio de três edições integrais do programa.

9. COMUNICAÇÃO INTERNA

Projeto de comunicação voltado ao público interno, com peças em qualquer suporte/formato, incluindo-se veículos, canais ou campanhas internas. A iniciativa deve ter sido executada ou supervisionada pela área de comunicação da instituição, sendo necessário que sua execução esteja dentro do período estabelecido neste regulamento (artigo 4º, parágrafo 4º, letra “a”).

10. COMUNICAÇÃO DE INTERESSE PÚBLICO

Projeto de comunicação voltado ao público externo, com peças em qualquer suporte/formato, incluindo-se veículos, canais, eventos ou campanhas, desde que se caracterizem pela transparência, democratização e utilidade pública. A iniciativa deve ter sido executada ou supervisionada pela área de comunicação da instituição, sendo necessário que sua execução esteja dentro do período estabelecido neste regulamento (artigo 4º, parágrafo 4º, letra “a”).

11. VÍDEO INSTITUCIONAL

Produto audiovisual, sem periodicidade definida, que se caracterize pela divulgação da instituição e/ou de suas atividades e serviços. O vídeo deverá ter até 15 (quinze) minutos, devendo ter sido produzido ou supervisionado pela área de comunicação da instituição, sendo necessário que sua veiculação esteja dentro do período estabelecido neste regulamento (artigo 4º, parágrafo 4º, letra “a”).

12. INOVAÇÃO

Projeto de comunicação inovador, voltado ao público externo ou interno, abrangendo quaisquer áreas, em qualquer suporte/formato, desde que se caracterizem pela criatividade e originalidade. A iniciativa deve ter sido executada ou supervisionada pela área de comunicação da instituição, sendo necessário que sua execução esteja dentro do período estabelecido neste regulamento (artigo 4º, parágrafo 4º, letra “a”).

13. RELACIONAMENTO COM A MÍDIA

Projeto de comunicação voltado para profissionais da mídia, com peças em qualquer suporte/formato, incluindo-se releases, encontros, eventos ou campanhas. A iniciativa deve ter sido executada ou supervisionada pela área de comunicação da instituição, sendo necessário que sua execução esteja dentro do período estabelecido neste regulamento (artigo 4º, parágrafo 4º, letra “a”).

14. ARTIGO ACADÊMICO

Artigo acadêmico com temática envolvendo Justiça e Comunicação, produzido de forma individual ou em coautoria, por pesquisador ou estudante de cursos stictu sensu ou lato sensu, integrante ou não do FNCJ, não havendo necessidade de ser inédito. O artigo deverá conter no máximo 15 páginas excluindo-se a folha do resumo, palavras-chave e as referências bibliográficas. O texto deve estar digitado em fonte Times New Roman, espaço 1.5, corpo 12, conforme normas da ABNT. Para efeito de padronização, o trabalho deverá ser transcrito para o modelo próprio do CONBRASCOM, em arquivo Word disponível no site de inscrição. Antes de enviar o trabalho, o arquivo Word deverá ser convertido em PDF para garantir a formatação original do artigo.

15. PRÊMIO HONORÁRIO

Proposto e definido pela Diretoria do Fórum Nacional de Comunicação e Justiça (FNCJ), visa reconhecer a contribuição de um profissional da mídia na difusão dos direitos sociais e cidadania. Não haverá inscrição para esta categoria. O premiado passará a ser membro benemérito do FNCJ.

16. JÚRI POPULAR

Os trabalhos selecionados entre os finalistas, relacionados nas categorias de 1 a 13, concorrerão também ao Prêmio Júri Popular que será concedido ao trabalho mais votado, em processo de eleição direta dos congressistas participantes do CONBRASCOM.

Art. 4° – Das Inscrições

§ 1º – Das condições de participação

a) Podem concorrer ao prêmio, em todas as categorias (exceto Artigo Acadêmico e Prêmio Honorário), as assessorias de comunicação de órgãos ligados à Justiça (Poder Judiciário, Ministério Público, defensorias, tribunais de contas e instituições afins) desde que tenham representante inscrito no CONBRASCOM até dia 15 de março de 2016.

b) Após 15 de março, os trabalhos inscritos que não tiverem representante inscrito no CONBRASCOM não serão avaliados.

c) O pagamento da inscrição no CONBRASCOM deve ser realizado por meio de depósito bancário ou nota de empenho (conforme orientações no link “Inscrição” do site do CONBRASCOM - www.fncj.org.br/conbrascom) e a cópia do comprovante deve ser encaminhada, impreterivelmente, até o dia 15 de março, para o e-mail conbrascom@gmail.com, com cópia para fernanda@cemcerimonia.com.br.

§ 2o – Da anuidade

a) A anuidade é de R$ 120,00 para assessor filiado ao FNCJ.

b) O prazo final para pagamento da anuidade é 8 de março de 2016.

c) O pagamento da anuidade deverá ser realizado apenas por meio de depósito bancário e a cópia do comprovante deverá ser encaminhada, impreterivelmente, até o dia 8 de março para o e-mail conbrascom@gmail.com, com cópia para fernanda@cemcerimonia.com.br.

d) O FNCJ não fornecerá nota fiscal para o pagamento da anuidade, apenas recibo.

Depósito Bancário
Favorecido: Fórum Nacional de Comunicação e Justiça
Banco do Brasil (001)
Agência: 1808-2
Conta Corrente: 30.772-6
CNPJ: 05.569.714/0001-39

§ 3o – Da inscrição de trabalhos

a) A inscrição de trabalhos será liberada a partir de 15 de fevereiro pela internet, em sistema disponível no site do CONBRASCOM (www.fncj.org.br/conbrascom), no link “Prêmio”.

b) Os filiados ao FNCJ com anuidade de 2016 paga poderão inscrever até sete trabalhos, sem custo.

c) Cada instituição poderá ter, no máximo, sete trabalhos inscritos, ainda que tenha mais de um profissional filiado ao FNCJ.

d) No caso dos assessores não filiados ou filiados sem quitação com a anuidade de 2016, será devido o pagamento de uma taxa de inscrição por trabalho no valor de R$ 200, que deverá ser paga até o dia 15 de março de 2016. O limite de trabalhos inscritos aos não filiados também será de sete por instituição.

e) A taxa de inscrição de trabalhos de asessores não filiados deverá ser paga por depósito, de acordo com os dados do artigo 4º deste regulamento. O comprovante de pagamento deve ser encaminhado até o dia 15 de março de 2016, para o e-mail conbrascom@gmail.com, com cópia para fernanda@cemcerimonia.com.br.

d) Na categoria Artigo Acadêmico poderão concorrer pesquisadores, professores ou estudantes, filiados ou não ao FNCJ, sem cobrança de taxas, como forma de estimular a discussão científica. Aos 3 finalistas nesta categoria a inscrição no CONBRASCOM será gratuita, não sendo o FNCJ, responsável, entretanto, pelo pagamento de despesas ocasionadas pelo deslocamento para participação no evento.

§ 4o – Das condições de aceitação da inscrição de trabalho

  1. Poderão ser inscritos trabalhos efetivamente veiculados pelas assessorias durante o ano de 2015, sendo vedada a participação de projetos que já tenham concorrido em qualquer outra edição do Prêmio. Não serão aceitos trabalhos ou projetos que ainda não foram aplicados de forma empírica na instituição.
  2. A inscrição de cada trabalho só será homologada mediante:
  • Preenchimento de todos os campos constantes na ficha de inscrição de trabalho;
  • Envio dos arquivos pelo sistema, conforme as especificações de cada categoria;
  • Envio do comprovante de pagamento pelo e-mail conbrascom@gmail.com, cópia para fernanda@cemcerimonia.com.br;
  • Envio do comprovante de inscrição no CONBRASCOM pelo e-mail conbrascom@gmail.com, cópia para fernanda@cemcerimonia.com.br;
  • Envio dos exemplares impressos via correio, nas categorias em que forem necessários.
  1. Os trabalhos inscritos não serão devolvidos;
  2. Não serão aceitos trabalhos nos quais a assessoria de comunicação não esteja diretamente envolvida, participando de sua coordenação (exceto na categoria Artigo Acadêmico);
  3. Será permitida a inscrição de mais de um trabalho de uma mesma instituição em uma única categoria;
  4. Será vedada a inscrição de um mesmo trabalho em mais de uma categoria;
  5. Os trabalhos que não se enquadrarem nas categorias inscritas serão desclassificados pela Comissão Organizadora do Prêmio.

§ 5o – Das especificações do sistema de inscrição dos trabalhos

  1. Para inscrição de trabalhos, deverá ser preenchido o formulário constante no sistema disponível no site do FNCJ e anexados arquivos, caso necessário, de acordo com as especificidades de cada categoria, e nos formatos previstos no Anexo A deste regulamento.
  2. A ficha de inscrição dos projetos será preenchida on-line. Os campos obrigatórios variarão conforme o disposto no Anexo A.
  3. Será vedado o envio de arquivos adicionais com informações que devem estar constando na ficha de inscrição.
  4. Para as categorias MÍDIA IMPRESSA e PUBLICAÇÃO ESPECIAL, o participante deverá, além do envio do arquivo JPG ou PDF, fazer o envio via correio de quatro (04) conjunto de exemplares. O material deverá ser remetido para: Cem Cerimônia Eventos – Av. Benjamin Constant, 1258/101 – Porto Alegre/RS CEP: 90550-001. Apenas os trabalhos que foram enviados via correio, dentro do prazo estipulado, serão avaliados.
  5. Para as categorias MÍDIA RADIOFÔNICA, REPORTAGEM DE TV, PROGRAMA DE TV E VÍDEO INSTITUCIONAL, o participante poderá optar por anexar arquivos de vídeo em formato MP4, com até 10MB cada, ou preencher o campo “Links de acesso”, com link, preferencialmente, para o Youtube ou Vimeo, onde o vídeo esteja hospedado. No caso do participante fazer uso das duas formas de envio de trabalho (link e envio dos arquivos), apenas os arquivos enviados serão avaliados.
  6. Para a categoria Artigo Acadêmico, os arquivos enviados deverão ter no máximo 15 páginas, excluindo-se a folha do resumo e palavras-chave e as referências bibliográficas. O texto deve estar digitado em fonte Times New Roman, espaço 1.5, corpo 12, seguir as normas da ABNT e transcrito para o modelo próprio do CONBRASCOM, em arquivo Word disponível no site de inscrição. Antes de enviar o trabalho, o arquivo Word deverá ser convertido em PDF para garantir a formatação original do artigo. Não serão aceitos trabalhos acadêmicos que já concorreram em edições anteriores do CONBRASCOM.
  7. O não cumprimento de qualquer especificação deste parágrafo invalidará a inscrição do trabalho.

§ 6o – Das condições gerais

a) Os participantes do Prêmio farão parte do banco de dados do Fórum Nacional de Comunicação e Justiça e seus autores concederão ao FNCJ o direito de reproduzi-los, no todo ou em parte, em qualquer território, desde que tal reprodução constitua material de apoio educativo para campanhas voltadas ao cidadão e/ou divulgação do FNCJ, e seja concedido o crédito da autoria;

b) Os vencedores aceitarão expressamente, no momento da inscrição, que nenhuma remuneração lhes será concedida pela reprodução, sob qualquer pretexto, não havendo necessidade de nenhuma autorização formal dos autores para isso;

c) Poderá ser cedido espaço no CONBRASCOM para a apresentação dos trabalhos indicados pela Comissão Julgadora como finalistas, desde que um profissional responsável esteja inscrito no Congresso. Ficará a critério da Coordenação do Prêmio e da Comissão Organizadora do CONBRASCOM a definição dos meios para que esta apresentação ocorra de acordo com os recursos e tempo disponíveis na programação.

Art. 5° – Do Julgamento

Serão considerados os critérios abaixo para a escolha dos vencedores:

 

  1. Mídia Impressa:

Objetivos / Serviços prestados

Linguagem e Conteúdo adequados ao público-alvo

Programação Visual/ Iconografia

Respeito ao estilo jornalístico

Criatividade e inovação

 

  1. Mídia Digital

Objetivos / Serviços prestados

Facilidade de acesso / interatividade

Programação Visual

Linguagem e Conteúdo adequados ao público-alvo

Criatividade e inovação

 

  1. Mídia Radiofônica

Objetivos / Serviços prestados

Qualidade técnica

Linguagem e conteúdo adequados ao público-alvo

Respeito ao estilo jornalístico

Criatividade e inovação

 

  1. Publicação Especial:

Objetivos / Serviços prestados

Linguagem e conteúdo adequados ao público-alvo

Programação Visual/ Iconografia

Grau de Pesquisa

Criatividade e inovação

 

  1. Fotografia:

Objetivos

Qualidade técnica

Relevância do tema

Grau de dificuldade

Criatividade e inovação

 

  1. Reportagem Escrita:

Objetivos/Serviços prestados

Linguagem e conteúdo adequados ao público-alvo

Respeito ao estilo jornalístico

Relevância do tema

Grau de pesquisa

 

  1. Reportagem de TV:

Objetivos / Serviços prestados

Qualidade técnica

Linguagem e conteúdo adequados ao público-alvo

Respeito ao estilo jornalístico

Criatividade e inovação

 

  1. Programa de TV:

Objetivos / Serviços prestados

Qualidade técnica / Programação Visual

Linguagem e conteúdo adequados ao público-alvo

Respeito ao estilo jornalístico

Criatividade e inovação

 

  1. Comunicação Interna

Objetivos/Serviços prestados

Qualidade técnica / Programação Visual

Planejamento / Embasamento estratégico

Resultados alcançados

Criatividade e inovação

 

  1. Comunicação de Interesse Público

Objetivos/Serviços prestados

Qualidade técnica / Programação Visual

Planejamento / Embasamento estratégico

Resultados alcançados

Criatividade e inovação

 

  1. Vídeo Institucional:

Objetivos/Serviços prestados

Qualidade técnica / Programação Visual

Linguagem e conteúdo adequados ao público-alvo

Grau de Pesquisa

Criatividade e inovação

 

  1. Inovação:

Objetivos / Serviços prestados

Qualidade técnica / Programação Visual

Pioneirismo

Planejamento / Embasamento estratégico

Criatividade e inovação

 

  1. Relacionamento com a Mídia:

Objetivos / Serviços prestados

Qualidade técnica / Programação Visual

Linguagem e conteúdo adequados ao público-alvo

Resultados alcançados

Criatividade e inovação

 

  1. Artigo Acadêmico

Objetivos / Relevância do Tema

Linguagem e fluência do texto

Apresentação / Adequação a normas ABNT

Grau de Pesquisa

Contribuição à temática comunicação e Justiça

 

Art. 7° – Da Comissão Julgadora

  1. Os vencedores de cada categoria serão escolhidos por uma Comissão Julgadora dividida em grupos de 03 (três) pessoas;
  2. Poderão fazer parte da Comissão Julgadora profissionais e acadêmicos da área de comunicação, bem como de outras áreas relacionadas às atividades das instituições filiadas ao FNCJ;
  3. Os membros do júri serão convidados pela Diretoria do Fórum Nacional de Comunicação e Justiça, em conjunto com a Comissão Organizadora do Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça;
  4. Os membros do júri serão distribuídos, a princípio, em quatro grupos, de acordo com as áreas:
  • Grupo 1 – Mídia Impressa, Publicação Especial, Reportagem Escrita e Relacionamento com a Mídia

 

  • Grupo 2 – Mídia Radiofônica, Reportagem de TV, Programa de TV e Vídeo Institucional

 

  • Grupo 3 – Comunicação Interna, Comunicação de Interesse Público, Inovação

 

  • Grupo 4 - Mídia Digital e Fotografia

 

  • Grupo 5 – Artigo Acadêmico
  1. Os membros do júri poderão fazer parte mais de um grupo, de acordo com as necessidades verificadas pela Comissão Organizadora do Prêmio;
  2. Os grupos poderão ser subdivididos, a critério da Comissão Organizadora do Prêmio, a depender do volume de trabalhos inscritos.
  3. Os jurados avaliarão os trabalhos por meio de sistema eletrônico, no prazo estipulado pela Comissão Organizadora do Prêmio;
  4. Os trabalhos inscritos nas categorias MÍDIA IMPRESSA e PUBLICAÇÃO ESPECIAL terão os exemplares impressos enviados aos membros do júri via correio;
  5. Os membros do júri atribuirão conceitos de zero (0) a dois (02) pontos para diferentes itens da avaliação, em cada uma das categorias.
  6. Caso necessário, a Comissão Organizadora do Prêmio poderá incluir novos critérios de avaliação dos trabalhos, desde que esses sejam aprovados pela maioria absoluta da Comissão Julgadora;
  7. A Comissão Julgadora poderá apresentar observações por escrito sobre os trabalhos participantes.

Art. 8° – Da Premiação

§ 1º – Das disposições gerais

  1. A Comissão Organizadora do Prêmio divulgará em tempo hábil o nome dos três finalistas de cada categoria para participarem da solenidade de entrega do Prêmio;
  2. O nome dos vencedores só será conhecido no Conbrascom;
  3. As assessorias vencedoras serão premiadas com certificados, assinados pelo presidente do Fórum e pelo coordenador do Prêmio;
  4. As instituições com projetos vencedores serão comunicadas via ofício, dirigido a seu presidente, citando nominalmente o projeto, a assessoria de comunicação vencedora e seus participantes;
  5. Os participantes dos projetos finalistas receberão certificados individuais;
  6. As despesas relativas ao comparecimento à solenidade de premiação são de responsabilidade do órgão vencedor ou do próprio assessor;

§ 2º – Da Categoria Artigo Acadêmico

  1. Os artigos acadêmicos deverão obrigatoriamente versar sobre temas relacionados à Comunicação e à Justiça, não havendo necessidade de serem inéditos;
  2. Poderá ser cedido espaço, durante o Conbrascom, para apresentação dos trabalhos dos 3 (três) finalistas nesta categoria;
  3. Todos os trabalhos inscritos farão parte do banco de dados do FNCJ, podendo ser publicados.

§ 3º – Da Categoria Júri Popular

  1. O vencedor da categoria Júri Popular será escolhido mediante votação secreta, realizada durante o CONBRASCOM, dentre todos os projetos selecionados como finalistas.
  2. Cada congressista terá direito a um (01) voto.
  3. Os congressistas terão acesso por meio eletrônico a todos os trabalhos finalistas, podendo haver espaço físico dedicado à exposição de material, desde que autorizada pela Comissão Organizadora;
  4. Será expressamente proibida a realização de contatos interpessoais que visem persuadir ou influenciar os votos dos participantes durante o período de votação.

Art. 9° – Do Calendário

O calendário deve obedecer à seguinte ordem e deverá ser divulgado previamente pela coordenação do Prêmio:

a) Prazo para pagamento da anuidade – Até 8 de março de 2016

b) Prazo para inscrições de trabalhos na internet – 15 de fevereiro a 15 de março de 2016

c) Julgamento – 31 de março a 26 de abril de 2016

d) Divulgação dos finalistas – 16 de maio de 2016

e) Entrega do Prêmio – 17 de junho de 2016

f) Expedição dos certificados aos vencedores – 17 de junho de 2016

Art. 10° – Das Disposições Gerais

Os inscritos aceitam, em todas as suas condições, o presente regulamento. Aceitam também as decisões que vierem a ser tomadas pela Comissão Julgadora do Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça, reconhecendo a sua soberania, não cabendo recurso da decisão.

Os casos omissos serão resolvidos pela Diretoria do Fórum Nacional de Comunicação e Justiça, em conjunto com a Coordenação do Prêmio.


Congresso Brasileiro dos Assessores de Comunicação da Justiça
Realização: FNCJ Fórum Nacional de Comunicação e Justiça
E-mail: conbrascom@gmail.com
Site:  www.fcnj.org.br/conbrascom

 

 

ANEXO A

Art. 1º – Do formulário de inscrição

a) As inscrições no XIV Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça serão realizadas exclusivamente via sistema on-line.

b) O preenchimento da ficha de inscrição deverá seguir os critérios estabelecidos neste Anexo A.

c) Em caso de preenchimento incompleto, a inscrição não será validada.

d) As informações deverão ser preenchidas apenas por meio da ficha de inscrição. Arquivos anexos que contenham as mesmas informações serão excluídos.

d) Cada categoria terá um formulário de inscrição específico, sendo:

1. MÍDIA IMPRESSA

PROJETO: (nome do projeto – Até 100 caracteres)

INSTITUIÇÃO:

COORDENADOR:

PARTICIPANTES:

DESCRIÇÃO: (Deve conter resumo do projeto e seu desenvolvimento, incluindo etapas e custos – Até 1.300 caracteres)

PÚBLICO-ALVO: (público ao qual o projeto se destinou – Até 100 caracteres)

VEICULAÇÃO: (datas em que foi divulgada/veiculada – Até 100 caracteres)

JUSTIFICATIVA: (Deve conter o embasamento do projeto e o porquê de sua importância – Até 1.000 caracteres)

OBJETIVOS: (Objetivos principais que o projeto almejou alcançar – Até 500 caracteres)

OBSERVAÇÕES: (Outras informações relevantes sobre o projeto – Até 500 caracteres – campo não obrigatório)

POSSIBILIDADE DE ANEXAR ATÉ 3 ARQUIVOS EM FORMATO JPG ou PDF, COM ATÉ 10MB CADA.

NECESSIDADE DO ENVIO DE EXEMPLARES IMPRESSOS, CONFORME EXPLÍCITO NO REGULAMENTO.

2. MÍDIA ELETRÔNICA

PROJETO: (nome do projeto – Até 100 caracteres)

INSTITUIÇÃO:

COORDENADOR:

PARTICIPANTES:

DESCRIÇÃO: (Deve conter resumo do projeto e seu desenvolvimento, incluindo etapas e custos – Até 1.300 caracteres)

PÚBLICO-ALVO: (público ao qual o projeto se destinou – Até 100 caracteres)

VEICULAÇÃO: (datas em que foi divulgada/veiculada – Até 100 caracteres)

JUSTIFICATIVA: (Deve conter o embasamento do projeto e o porquê de sua importância – Até 1.000 caracteres)

OBJETIVOS: (Objetivos principais que o projeto almejou alcançar – Até 500 caracteres)

OBSERVAÇÕES: (Outras informações relevantes sobre o projeto – Até 500 caracteres – campo não obrigatório)

LINK DE ACESSO: (Se houver – 3 espaços)

POSSIBILIDADE DE ANEXAR ATÉ 3 ARQUIVOS EM FORMATO JPG ou PDF, COM ATÉ 10MB CADA.

3. MÍDIA RADIOFÔNICA

PROJETO: (nome do projeto – Até 100 caracteres)

INSTITUIÇÃO:

COORDENADOR:

PARTICIPANTES:

DESCRIÇÃO: (Deve conter resumo do projeto e seu desenvolvimento, incluindo etapas e custos – Até 1.300 caracteres)

PÚBLICO-ALVO: (público ao qual o projeto se destinou – Até 100 caracteres)

VEICULAÇÃO: (datas em que foi divulgada/veiculada – Até 100 caracteres)

JUSTIFICATIVA: (Deve conter o embasamento do projeto e o porquê de sua importância – Até 1.000 caracteres)

OBJETIVOS: (Objetivos principais que o projeto almejou alcançar – Até 500 caracteres)

OBSERVAÇÕES: (Outras informações relevantes sobre o projeto – Até 500 caracteres – campo não obrigatório)

LINK DE ACESSO: (Se houver – 3 espaços)

POSSIBILIDADE DE ANEXAR ATÉ 3 ARQUIVOS EM FORMATO MP3, COM ATÉ 10MB CADA.

4. PUBLICAÇÃO ESPECIAL

PROJETO: (nome do projeto – Até 100 caracteres)

INSTITUIÇÃO:

COORDENADOR:

PARTICIPANTES:

DESCRIÇÃO: (Deve conter resumo do projeto e seu desenvolvimento, incluindo etapas e custos – Até 1.300 caracteres)

PÚBLICO-ALVO: (público ao qual o projeto se destinou – Até 100 caracteres)

VEICULAÇÃO: (datas em que foi divulgada/veiculada – Até 100 caracteres)

JUSTIFICATIVA: (Deve conter o embasamento do projeto e o porquê de sua importância – Até 1.000 caracteres)

OBJETIVOS: (Objetivos principais que o projeto almejou alcançar – Até 500 caracteres)

OBSERVAÇÕES: (Outras informações relevantes sobre o projeto – Até 500 caracteres – campo não obrigatório)

LINK DE ACESSO: (Se houver)

POSSIBILIDADE DE ANEXAR ATÉ 3 ARQUIVOS EM FORMATO JPG ou PDF, COM ATÉ 10MB CADA.

NECESSIDADE DO ENVIO DE EXEMPLARES IMPRESSOS, CONFORME EXPLÍCITO NO REGULAMENTO.

5. FOTOGRAFIA

PROJETO: (nome do projeto – Até 100 caracteres)

INSTITUIÇÃO:

COORDENADOR:

FOTÓGRAFO:

DESCRIÇÃO: (Deve conter contextualização da fotografia – Até 1.300 caracteres)

PÚBLICO-ALVO: (público ao qual se destinou – Até 100 caracteres)

VEICULAÇÃO: (datas em que foi divulgada/veiculada – Até 100 caracteres)

OBSERVAÇÕES: (Outras informações relevantes sobre o projeto – Até 500 caracteres – campo não obrigatório)

POSSIBILIDADE DE ANEXAR 1 ARQUIVO EM FORMATO JPG ou TIFF, COM ATÉ 10MB.

6. REPORTAGEM ESCRITA

PROJETO: (nome do projeto – Até 100 caracteres)

INSTITUIÇÃO:

COORDENADOR:

PARTICIPANTES:

DESCRIÇÃO: (Deve conter contextualização da reportagem – Até 1.300 caracteres)

PÚBLICO-ALVO: (público ao qual o projeto se destinou – Até 100 caracteres)

VEICULAÇÃO: (datas em que foi divulgada/veiculada – Até 100 caracteres)

OBSERVAÇÕES: (Outras informações relevantes sobre o projeto – Até 500 caracteres – campo não obrigatório)

POSSIBILIDADE DE ANEXAR 1 ARQUIVO EM FORMATO PDF, COM ATÉ 10MB.

7. REPORTAGEM DE TV

PROJETO: (nome do projeto – Até 100 caracteres)

INSTITUIÇÃO:

COORDENADOR:

PARTICIPANTES:

DESCRIÇÃO: (Deve conter contextualização da reportagem – Até 1.300 caracteres)

PÚBLICO-ALVO: (público ao qual o projeto se destinou – Até 100 caracteres)

VEICULAÇÃO: (datas em que foi divulgada/veiculada – Até 100 caracteres)

OBSERVAÇÕES: (Outras informações relevantes sobre o projeto – Até 500 caracteres – campo não obrigatório)

LINKS DE ACESSO: (Se houver – 1 espaço)

POSSIBILIDADE DE ANEXAR 1 ARQUIVO EM FORMATO MP4, COM ATÉ 10MB, OU ESPAÇO PARA PREENCHER COM O LINK ONDE O VÍDEO ESTÁ.

8. PROGRAMA DE TV

PROJETO: (nome do projeto – Até 100 caracteres)

INSTITUIÇÃO:

COORDENADOR:

PARTICIPANTES:

DESCRIÇÃO: (Deve conter contextualização da reportagem – Até 1.300 caracteres)

PÚBLICO-ALVO: (público ao qual o projeto se destinou – Até 100 caracteres)

VEICULAÇÃO: (datas em que foi divulgada/veiculada – Até 100 caracteres)

OBSERVAÇÕES: (Outras informações relevantes sobre o projeto – Até 500 caracteres – campo não obrigatório)

LINKS DE ACESSO: (Se houver – 3 espaços)

POSSIBILIDADE DE ANEXAR ATÉ 3 ARQUIVOS EM FORMATO MP4, COM ATÉ 10MB CADA.

9. COMUNICAÇÃO INTERNA

PROJETO: (nome do projeto – Até 100 caracteres)

INSTITUIÇÃO:

COORDENADOR:

PARTICIPANTES:

DESCRIÇÃO: (Deve conter resumo do projeto e seu desenvolvimento, incluindo etapas e custos – Até 1.300 caracteres)

PÚBLICO-ALVO: (público ao qual o projeto se destinou – Até 100 caracteres)

VEICULAÇÃO: (datas em que foi divulgada/veiculada – Até 100 caracteres)

JUSTIFICATIVA: (Deve conter o embasamento do projeto e o porquê de sua importância – Até 1.000 caracteres)

OBJETIVOS: (Objetivos principais que o projeto almejou alcançar – Até 500 caracteres)

ALCANCE: (Principais impactos e resultados alcançados, incluindo dados estatísticos, se houver – Até 500 caracteres)

OBSERVAÇÕES: (Outras informações relevantes sobre o projeto – Até 500 caracteres – campo não obrigatório)

LINKS DE ACESSO: (Se houver – 3 espaços)

POSSIBILIDADE DE ANEXAR ATÉ 3 ARQUIVOS EM FORMATO JPG, PDF, MP3 ou MP4, COM ATÉ 10MB CADA.

10. COMUNICAÇÃO DE INTERESSE PÚBLICO

PROJETO: (nome do projeto – Até 100 caracteres)

INSTITUIÇÃO:

COORDENADOR:

PARTICIPANTES:

DESCRIÇÃO: (Deve conter resumo do projeto e seu desenvolvimento, incluindo etapas e custos – Até 1.300 caracteres)

PÚBLICO-ALVO: (público ao qual o projeto se destinou – Até 100 caracteres)

VEICULAÇÃO: (datas em que foi divulgada/veiculada – Até 100 caracteres)

JUSTIFICATIVA: (Deve conter o embasamento do projeto e o porquê de sua importância – Até 1.000 caracteres)

OBJETIVOS: (Objetivos principais que o projeto almejou alcançar – Até 500 caracteres)

ALCANCE: (Principais impactos e resultados alcançados, incluindo dados estatísticos, se houver – Até 500 caracteres)

OBSERVAÇÕES: (Outras informações relevantes sobre o projeto – Até 500 caracteres – campo não obrigatório)

LINK DE ACESSO: (Se houver – 3 espaços)

POSSIBILIDADE DE ANEXAR ATÉ 3 ARQUIVOS EM FORMATO JPG, PDF, MP3 ou MP4, COM ATÉ 10MB CADA.

11. VÍDEO INSTITUCIONAL

PROJETO: (nome do projeto – Até 100 caracteres)

INSTITUIÇÃO:

COORDENADOR:

PARTICIPANTES:

DESCRIÇÃO: (Deve conter contextualização da reportagem – Até 1.300 caracteres)

PÚBLICO-ALVO: (público ao qual o projeto se destinou – Até 100 caracteres)

VEICULAÇÃO: (datas em que foi divulgada/veiculada – Até 100 caracteres)

OBSERVAÇÕES: (Outras informações relevantes sobre o projeto – Até 500 caracteres – campo não obrigatório)

LINKS DE ACESSO: (Se houver – 1 espaço)

POSSIBILIDADE DE ANEXAR 1 ARQUIVO EM FORMATO MP4, COM ATÉ 10MB.

12. INOVAÇÃO

PROJETO: (nome do projeto – Até 100 caracteres)

INSTITUIÇÃO:

COORDENADOR:

PARTICIPANTES:

DESCRIÇÃO: (Deve conter resumo do projeto e seu desenvolvimento, incluindo etapas e custos – Até 1.300 caracteres)

PÚBLICO-ALVO: (público ao qual o projeto se destinou – Até 100 caracteres)

VEICULAÇÃO: (datas em que foi divulgada/veiculada – Até 100 caracteres)

JUSTIFICATIVA: (Deve conter o embasamento do projeto e o porquê de sua importância – Até 1.000 caracteres)

OBJETIVOS: (Objetivos principais que o projeto almejou alcançar – Até 500 caracteres)

ALCANCE: (Principais impactos e resultados alcançados, incluindo dados estatísticos, se houver – Até 500 caracteres)

OBSERVAÇÕES: (Outras informações relevantes sobre o projeto – Até 500 caracteres – campo não obrigatório)

LINK DE ACESSO: (Se houver – 3 espaços)

POSSIBILIDADE DE ANEXAR ATÉ 3 ARQUIVOS EM FORMATO JPG, PDF, MP3 ou MP4, COM ATÉ 10MB CADA.

13. RELACIONAMENTO COM A MÍDIA

PROJETO: (nome do projeto – Até 100 caracteres)

INSTITUIÇÃO:

COORDENADOR:

PARTICIPANTES:

DESCRIÇÃO: (Deve conter resumo do projeto e seu desenvolvimento, incluindo etapas e custos – Até 1.300 caracteres)

PÚBLICO-ALVO: (público ao qual o projeto se destinou – Até 100 caracteres)

VEICULAÇÃO: (datas em que foi divulgada/veiculada – Até 100 caracteres)

JUSTIFICATIVA: (Deve conter o embasamento do projeto e o porquê de sua importância – Até 1.000 caracteres)

OBJETIVOS: (Objetivos principais que o projeto almejou alcançar – Até 500 caracteres)

ALCANCE: (Principais impactos e resultados alcançados, incluindo dados estatísticos, se houver – Até 500 caracteres)

OBSERVAÇÕES: (Outras informações relevantes sobre o projeto – Até 500 caracteres – campo não obrigatório)

LINK DE ACESSO: (Se houver)

POSSIBILIDADE DE ANEXAR ATÉ 3 ARQUIVOS EM FORMATO JPG, PDF, MP3 ou MP4, COM ATÉ 10MB CADA.

14. ARTIGO ACADÊMICO

AUTOR:

CURRÍCULO LATTES: (Se houver)

INSTITUIÇÃO:

RESUMO: (cinco a dez linhas)

PALAVRAS-CHAVE: (três a cinco palavras-chave)

OBSERVAÇÕES: (Outras informações relevantes sobre o projeto – Até 500 caracteres – campo não obrigatório)

POSSIBILIDADE DE ANEXAR 1 ARQUIVO EM FORMATO PDF, COM ATÉ 10MB.