Conbrascom 2014: Aracaju é a agradável surpresa do Nordeste
Domingo, 06 de Julho de 2014

Conbrascom 2014: Aracaju é a agradável surpresa do Nordeste

A capital de Sergipe, Aracaju, que na língua tupi-guarani significa cajueiro dos papagaios, atrai milhares de visitantes anualmente por sua tranquilidade, o banho morno de mar, o caranguejo e o amendoim suculentos e a hospitalidade alegre de seu povo. Já foi considerada pelo Ministério da Saúde como a capital da melhor qualidade de vida do Brasil. Mas também, os cartões postais da cidade, como a Orla da Atalaia e o Calçadão do bairro 13 de Julho, convidam o aracajuano para a prática de atividades esportivas.
 
Aracaju já nasceu capital, em 1855. A sede do Estado ficava em São Cristóvão, mas a transferência aconteceu para atender necessidades econômicas da época, principalmente para facilitar o escoamento da produção de açúcar. Em 1908, foi inaugurado o serviço de água encanada, um luxo para a época. Em 1914, foi a vez dos esgotos sanitários e no mesmo ano chegou a estrada de ferro.
 
Foi uma das primeiras cidades do Brasil a ser planejada. O projeto desafiou os engenheiros, pois a área era dominada por pântanos e charcos. O desenho urbano da cidade foi elaborado por Sebastião Basílio Pirro. O centro do poder político-administrativo de Aracaju – atual praça Fausto Cardoso, onde se encontra o Palácio da Justiça – foi o ponto de partida para o crescimento da cidade. Todas as ruas foram arrumadas como um tabuleiro de xadrez para desembocarem no Rio Sergipe.
 
Atualmente, estima-se que Aracaju tenha uma população 614 mil habitantes. Somando-se às populações dos municípios que formam a Grande Aracaju - Nossa Senhora do Socorro, Barra dos Coqueiros, Laranjeiras e São Cristóvão - o número passa para quase 1 milhão. Os serviços, a indústria e o comércio são a base da economia aracajuana. O Produto Interno Bruto (PIB) do município chegou a R$ 5,021 bilhões em 2005, conforme levantamento do IBGE. Em 2009 , o Instituto fez nova apuração e constatou que Aracaju tinha um PIB per capita de R$ 10.071, ficando na 13ª colocação entre todas as capitais do país e em segundo lugar na região Nordeste.
 
Aracaju é bastante quente durante a maior parte do ano. A temperatura média é de 26º C. O clima convida a um passeio pelas ruas da cidade. O visitante não pode deixar de conhecer os mercados centrais, onde a variedade de lembrancinhas da terra encanta os turistas e o cheiro de comida típica aguça o olfato. O passeio deve contemplar o Parque da Cidade, onde há a maior reserva de Mata Atlântica do Estado e também um teleférico que leva o turista a ter uma vista privilegiada de boa parte da cidade, aos pés imagem gigante de Nossa Senhora da Conceição, padroeira de Aracaju.
 
Quem chega a Aracaju não pode deixar ir à Passarela do Caranguejo, onde quem desfila mesmo são os aracajuanos, principalmente nos finais de semana. Ainda na Orla, o Oceanário é um local que encanta adultos e crianças, com seus meros, tubarões, arraias e outros animais marinhos. Outro atrativo da cidade é o por do sol na orla do Mosqueiro, às margens do rio Vaza Barris, de onde saem as lanchas para a Crôa do Goré, um verdadeiro paraíso tropical. Para saber mais sobre a cultura e os costumes da região, o melhor lugar é o Museu da Gente Sergipe, totalmente interativo e com entrada grátis.

Compartilhe esta notícia:
Conbrascom 2014: Aracaju é a agradável surpresa do Nordeste

Deixe um comentário

Faça login para poder comentar.

Pesquisa de Conteúdo

Cadastre-se e fique sempre atualizado

FNCJ | Fórum Nacional de Comunicação e Justiça
CNPJ: 05.569.714/0001-39
Telefone: (51) 4141-8082

FNCJ nas Redes