XIX Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça

O Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça é uma iniciativa do Fórum Nacional de Comunicação e Justiça, organização não governamental sem fins lucrativos, fundada pelos assessores de Comunicação do Judiciário, do Ministério Público, Defensoria Pública, OAB, tribunais de contas e instituições afins, voltada ao desenvolvimento de debates e ações para aproximar as organizações públicas do cidadão.

A premiação é realizada anualmente e acontece durante o Congresso Brasileiro de Assessores de Comunicação do Sistema de Justiça (CONBRASCOM). A premiação de 2021 acontecerá durante o II Seminário On-line de Comunicação e Justiça.

O Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça tem o objetivo de:

  • Incentivar a realização de projetos realizados pelas assessorias de comunicação do Poder Judiciário e de demais instituições do Sistema de Justiça, tais como Ministério Público, Defensoria Pública, OAB, tribunais de contas, entre outras;
  • Promover a troca de experiências entre os profissionais que trabalham na área de comunicação do Sistema de Justiça;
  • Contribuir para o aperfeiçoamento dos produtos e serviços no campo da comunicação pública, a partir do destaque de experiências inovadoras e bem-sucedidas na área;
  • Destacar e reconhecer os melhores trabalhos realizados pelas assessorias de comunicação do Sistema de Justiça;
  • Estimular iniciativas na área da comunicação pública, voltadas para o desenvolvimento da cidadania e para a aproximação entre os órgãos representados pelo FNCJ e a sociedade;
  • Constituir um banco de dados para pesquisadores da área de comunicação e afins;
  • Servir como referência histórica, documentando as atividades desenvolvidas no âmbito da comunicação no Sistema de Justiça brasileiro.

O Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça é concedido nas seguintes categorias:

I – Mídia Digital
II – Mídia Radiofônica
III – Mídia Audiovisual
IV – Mídia Social
V – Publicação Especial
VI – Fotografia
VII – Reportagem Escrita
VIII – Comunicação Interna
IX – Projeto/Campanha Institucional de Interesse Público
X – Vídeo Institucional/Documentário
XI – Relacionamento com a Mídia
XII – Artigo Acadêmico
XIII – Grande Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça 

Comissão Organizadora do Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça 2021

Hugo Cardim

COORDENADOR

Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região - CE

Cecília Abbati

MEMBRO

Tribunal de Justiça de São Paulo - SP

Simone Norberto

MEMBRO

Tribunal de Justiça de Rondônia - RO

Os vencedores de cada categoria serão escolhidos por uma Comissão Julgadora dividida em grupos de três pessoas cada.

Os membros do júri foram convidados pela Diretoria do Fórum Nacional de Comunicação e Justiça, em conjunto com a Comissão Organizadora do Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça. 

CONHEÇA NOSSOS JURADOS 

COMUNICAÇÃO INTERNA

PROJETO / CAMPANHA INSTITUCIONAL DE INTERESSE PÚBLICO

RELACIONAMENTO COM A MÍDIA

VÍDEO INSTITUCIONAL / DOCUMENTÁRIO

Inscrições no Prêmio

INSCRIÇÃO DE PROJETOS

Podem concorrer ao prêmio, em todas as categorias (exceto Artigo Acadêmico), as assessorias de comunicação de instituições ligadas ao Sistema de Justiça (Poder Judiciário, Ministério Público, Defensoria Pública, OAB), tribunais de contas e instituições afins desde que tenham representante inscrito no II Seminário On-line de Comunicação e Justiça até dia 06 de SETEMBRO de 2021. 

Poderão ser inscritos projetos efetivamente veiculados pelas assessorias durante o ano de 2020.

  • Não serão aceitos projetos que ainda não foram aplicados de forma empírica na instituição.
  • Não serão aceitos projetos que tenham sido vencedores no Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça no ano de 2020, independente da categoria. Após o interstício de dois anos, os projetos que trata o caput poderão voltar a concorrer.

A inscrição de cada projeto só será homologada mediante:

a) Preenchimento de todos os campos constantes na ficha de inscrição de projeto;
b) Envio dos arquivos pelo sistema, conforme as especificações de cada categoria;
c) Envio do comprovante de pagamento da inscrição no evento, da filiação ao FNCJ e/ou da taxa de inscrição do(s) projeto(s) pelo sistema e pelo e-mail conbrascom@fncj.org.br;
d) Não serão aceitos projetos nos quais a assessoria de comunicação não esteja diretamente envolvida, participando de sua coordenação (exceto na categoria Artigo Acadêmico);
e) A instituição pode inscrever até dois projetos na mesma categoria (respeitado o limite máximo de oito projetos inscritos no prêmio). No entanto, será vedada a inscrição de um mesmo projeto em mais de uma categoria;
f) Os projetos que não se enquadrarem nas categorias inscritas serão desclassificados pela Comissão Organizadora do Prêmio.

Para inscrição de projetos, deverá ser preenchido o formulário constante no sistema disponível no site do FNCJ e anexados arquivos, caso necessário, de acordo com as especificidades de cada categoria, e nos formatos previstos no Anexo A do regulamento. 

 

ACESSE O REGULAMENTO CLICANDO AQUI

 

O pagamento das inscrições no II Seminário On-line de Comunicação e Justiça, da taxa de inscrição dos projetos e de anuidade dos filiados ao FNCJ devem ser realizados por meio de depósito bancário, Pix ou nota de empenho (com exceção da anuidade e taxa de inscrição de projeto) e a cópia do comprovante deve ser anexada na área de inscrito e, encaminhada, impreterivelmente, até o dia 06 de SETEMBRO de 2021, para o e-mail conbrascom@fncj.org.br

 

 Para se cadastrar, se inscrever, se filiar e inscrever projetos, clique AQUI

 

Aos assessores de comunicação de instituições ligadas ao sistema de justiça (Poder Judiciário, Ministério Público, Defensoria Pública, OAB), tribunais de contas e instituições afins, filiados ao FNCJ, com anuidade em dia, é garantida inscrição diferenciada para projetos.

  • O valor da anuidade é de R$ 170,00 para assessor filiado ao FNCJ;
  • Os filiados ao FNCJ com anuidade de 2021 em dia poderão inscrever até (8) oito projetos, sem custo adicional, obedecendo ao limite de 2 (dois) projetos por categoria.

  • Cada instituição poderá ter, no máximo, (8) oito projetos inscritos, ainda que tenha mais de um profissional filiado ao FNCJ.

Aos assessores não filiados ao FNCJ inscritos no evento:

  • No caso dos assessores não filiados ou filiados sem quitação com a anuidade de 2021, será devido o pagamento de uma taxa de inscrição por projeto no valor de R$200,00 cada, que deverá ser paga até o dia 06 de SETEMBRO de 2021.

  • O limite de projetos inscritos aos não filiados também será de (8) oito por instituição, obedecendo ao limite de 2 (dois) projetos por categoria.

  • A taxa de inscrição de projetos de assessores não filiados deverá ser paga através de depósito bancário ou Pix e a cópia do comprovante deverá ser anexada na área de inscrito ou, encaminhada, impreterivelmente, até o dia 06 de SETEMBRO de 2021 para o e-mail conbrascom@fncj.org.br;

  • Na categoria Artigo Acadêmico poderão concorrer pesquisadores, professores ou estudantes, filiados ou não ao FNCJ, sem cobrança de taxas, como forma de estimular a discussão científica. Aos três finalistas da categoria Artigo Acadêmico a inscrição no II Seminário On-line de Comunicação e Justiça será gratuita.

Cronograma de Inscrição de Projetos

 

II Seminário on-line de Comunicação & Justiça

 

Regulamento PNCJ

Vencedores

ARTIGO ACADÊMICO

1º Lugar
Instituição: UFP - Universidade Fernando Pessoa
Projeto: Como o judiciário se comunicou no início da pandemia: uma análise do Instagram de 5 Tribunais

2º Lugar
Instituição: TRE-TO - Tribunal Regional Eleitoral de Tocantins
Projeto: Comunicação pública nas mídias e redes sociais digitais: uma análise do Judiciário no Twitter

3º Lugar
Instituição: UNIRON - Faculdade Interamericana de Porto Velho
Projeto: Webreportagem: a responsabilidade social por meio do esporte. Um estudo de caso no TJ-RO

COMUNICAÇÃO INTERNA

1º Lugar
Instituição: DP-GO Defensoria Pública do Estado de Goiás
Projeto: Afinal, Quem Somos?

2º Lugar
Instituição: DP-RJ - Defensoria Pública Geral do Estado do Rio de Janeiro
Projeto: Plano de Retomada do Atendimento da Defensoria Pública do Rio

3º Lugar
Instituição: Justiça Federal no Ceará
Projeto: Sororidade

FOTOGRAFIA

1º Lugar
Instituição: TRE-BA - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia
Projeto: Dia E: Um Olhar Jovem Sobre a Democracia

2º Lugar
Instituição: TJ-MT - Tribunal de Justiça do Estado do Mato Grosso
Projeto: Ribeirinho Cidadão

3º Lugar
Instituição: DP-CE - Defensoria Pública Geral do Estado do Ceará
Projeto: Viver é brincar

MÍDIA AUDIOVISUAL*

1º Lugar (empate)*
Instituição: TJ-TO - Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins
Projeto: Entrevistas em vídeo com o tema “Não à violência cotidiana”

1º Lugar (empate)*
Instituição: TRE-TO - Tribunal Regional Eleitoral de Tocantins
Projeto: Série Urna eletrônica: eu conheço! Eu confio!

2º Lugar
Instituição: TJ-CE - Tribunal de Justiça do Estado do Ceará
Projeto: Programa de TV “Judiciário em Evidência”

3º Lugar
Instituição: PGR - Procuradoria Geral da República
Projeto: Reportagem Rádio Comunitária – Revista eletrônica interesse público

MÍDIA DIGITAL

1º Lugar
Instituição: DP-RJ - Defensoria Pública Geral do Estado do Rio de Janeiro
Projeto: Fanzines Defensores da Paz

2º Lugar
Instituição: TJ-MS - Tribunal de Justiça do Estado do Mato Grosso do Sul
Projeto: Hotsite do projeto Inspiracine

3º Lugar
Instituição: TRE-PR - Tribunal Regional Eleitoral do Paraná
Projeto: Gralha Confere

MÍDIA RADIOFÔNICA

1º Lugar
Instituição: TST - Tribunal Superior do Trabalho
Projeto: Podcast Trabalho em Pauta

2º Lugar
Instituição: TJ-RS - Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul
Projeto: Respeita as Gurias

3 Lugar
Instituição: TSE - Tribunal Superior Eleitoral
Projeto: Podcast Clica e Confirma

MÍDIA SOCIAL

1º Lugar
Instituição: TSE - Tribunal Superior Eleitoral
Projeto: Perfil no TikTok

2º Lugar
Instituição: TJ-RO - Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia
Projeto: Semana do Meio Ambiente

3º Lugar
Instituição: STJ - Superior Tribunal de Justiça
Projeto: Uso das Redes Sociais para informar sobre o Ataque Hacker

PROJETO/CAMPANHA INSTITUCIONAL DE INTERESSE PÚBLICO

1º Lugar
Instituição: TRE-RO - Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia
Projeto: "Varal da Democracia"

2º Lugar
Instituição: TJ-SP - Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo
Projeto: Projeto Carta de Mulheres

3º Lugar
Instituição: TRT7 - Tribunal Regional do Trabalho - 7ª Região (CE)
Projeto: Corrida dos Privilégios: Combate ao Trabalho Infantil

PUBLICAÇÃO ESPECIAL

1º Lugar
Instituição: DPE/BA - Defensoria Pública do Estado da Bahia
Projeto: Nossa Querida Bia

2º Lugar
Instituição:
 TJ-GO - Tribunal de Justiça do Estado de Goiás
Projeto: Revista Infantil "Liga Infantil dos Heróis Comuns (Mas Especiais)"

3º Lugar
Instituição: ANADEP - Associação Nacional das Defensoras e Defensores Públicos
Projeto: cartilha "Sofreu LGTIfobia? Procure a Defensoria Pública"

RELACIONAMENTO COM A MÍDIA

1º Lugar
Instituição: TJ-SP - Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo
Projeto: Divulgação da Campanha Não se Cale! Violência contra a criança é covardia, é crime! Denuncie!

2º Lugar
Instituição: TSE - Tribunal Superior Eleitoral
Projeto: Centro de Divulgação das Eleições presencial e virtual do TSE

3º Lugar
Instituição: MP-PR - Ministério Público do Estado do Paraná
Projeto: Entenda Direito

REPORTAGEM ESCRITA

1º Lugar
Instituição: TRF4 - Tribunal Regional Federal da 4ª Região
Projeto: Marcas das pestes nas páginas da História

2º Lugar
Instituição: TSE - Tribunal Superior Eleitoral
Projeto: O caminho do voto: o que acontece depois que você aperta o botão "Confirma?"

3º Lugar
Instituição: TJ-MA - Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão
Projeto: Mulheres Negras do Poder Judiciário

VÍDEO INSTITUCIONAL / DOCUMENTÁRIO

1º Lugar
Instituição: Procuradoria Regional da República da 5ª Região - PRR5
Projeto: Documentário Vindas e Vidas

2º Lugar
Instituição: ADEP-MG - Associação das Defensoras e dos Defensores Públicos de Minas Gerais
Projeto: Recomeço Brumadinho

3º Lugar
Instituição: TRE-CE - Tribunal Regional Eleitoral do Ceará
Projeto: "Papel: uma história de frente e(m) verso"

GRANDE PRÊMIO NACIONAL DE COMUNICAÇÃO E JUSTIÇA

1º Lugar
Instituição: ADEP-MG - Associação das Defensoras e dos Defensores Públicos de Minas Gerais
Projeto:
 Recomeço Brumadinho

2º Lugar
Instituição: Procuradoria Regional da República da 5ª Região - PRR5
Projeto: 
Documentário Vindas e Vidas

3º Lugar
Instituição: DPE/BA - Defensoria Pública do Estado da Bahia
Projeto: Nossa Querida Bia

Pesquisa de Conteúdo

Cadastre-se e fique sempre atualizado

APOIO:

FNCJ | Fórum Nacional de Comunicação e Justiça
CNPJ: 05.569.714/0001-39
Telefone: (51) 4141-8082

FNCJ nas Redes