Conbrascom é aberto na capital paraense com foco em diálogos sobre Amazônia
Segunda, 13 de Novembro de 2023

Conbrascom é aberto na capital paraense com foco em diálogos sobre Amazônia

Uma noite para ficar na memória e na história da Comunicação Pública dos profissionais que atuam no sistema de Justiça de todo o Brasil. Assim foi a abertura do XVII Congresso Brasileiro dos Assessores de Comunicação do Sistema de Justiça que será realizado até sexta-feira (10), em Belém, na sede do Tribunal de Justiça do Estado do Pará.

Cerca de 240 jornalistas de todo o país participam desta edição que tem como tema: "Diálogos na Amazônia: a comunicação como instrumento de transformação e defesa das instituições."

Na abertura do evento, a presidente do Fórum Nacional de Comunicação e Justiça, Débora Diniz, falou emocionada da realização do evento na Amazônia. "Vou falar com o coração, da vivência como profissional de Comunicação, de realizar esse evento e levar o acesso à justiça, além de divulgar o sistema de justiça em uma programação plural, diversa, provocativa e daquilo que desenvolvemos em nossas funções no dia a dia. A defesa da democracia e da cidadania faz parte da nossa rotina para que a população possa ter dignidade neste país”.

O Diretor da Secretaria de Comunicação do TRT-8, Edney Martins, afirmou que a realização do XVII Conbrascom, na cidade-sede do Tribunal, mostra que muito se faz dentro da comunicação pública do sistema de Justica. “Eu creio que toda vez que nós estamos aqui reunidos, sempre saímos com mais novidades, com mais histórias e com mais possibilidades para que nós possamos construir essa janela que abrimos. Nós temos uma lição muito importante, de fazer essa discussão chegar na população, principalmente com a compreensão de direito”.

Will Montenegro, Coordenador de imprensa do TJPA, e anfitrião do evento, desejou que o palco do Conbrascom seja rico para compartilhar os saberes e possibilitar o diálogo da Amazônia.

A cantora Lia Sophia participou da cerimônia de abertura trazendo o gingado e a energia do carimbó do estado do Pará e emocionou a todos com a execução do Hino Nacional Brasileiro de forma regional.

Conbrascom é aberto na capital paraense com foco em diálogos sobre Amazônia

REFLEXÕES

A jornalista Cristina Serra abrilhantou o evento e falou sobre "A Comunicação como o instrumento de transformação". Ela descreveu a emoção de estar em casa, na Amazônia, e contou suas experiências como jornalista e escritora.

"Tenho certeza que a comunicação é um instrumento fundamental para a democracia. Diante de tudo que a gente viveu no Brasil, nos últimos anos, estamos passando por um processo de reconstrução democrática. E também temos que pensar em uma comunicação democrática para o país que a gente precisa", observou a jornalista.

Durante o debate, mediado pela vice-presidente do FNJC, Taciana Giesel, promoveu reflexões sobre o papel e os desafios das instituições para lidar com diferentes Brasis e o o combate às fake news. Para ela, a disseminação de falsas notícias pelas plataformas digitais é assustadora e a analise do PL das fake news precisa ser retomado no Congresso Nacional.

“A informação salva vidas. Eu entendi o papel do jornalismo nesse sentido, tá aí a pandemia que não me deixa mentir. Neste mundo de fake news, a informação de qualidade, séria, verdadeira e bem checada é primordial para a sociedade. E é isso que tem que chegar para o público", finaliza.

Expectativas

O chefe da Divisão de comunicação institucional da secretaria de comunicação Social do Tribunal Superior do Trabalho, Alessandro Jacó, que participa pela primeira vez do Conbrascom está com boas expectativas para o evento. "Eu acho muito importante essa reunião entre assessores e jornalistas para discutir e debater caminhos, além de encontrar diagnósticos sobre o que precisar melhorar', observa Jacó.

Brazil Nunes, assessor de Comunicação do Tribunal Regional Eleitoral de Goiás, está encantado com a cidade de Belém do Pará e veio com boas expectativas para o Conbrascom. "A gente aprende, leva na nossa bagagem muitas coisas novas, é aquele momento de aprender com as experiências e dificuldades compartilhadas pelos colegas”, destaca Brazil.

Compartilhe esta notícia:
Conbrascom é aberto na capital paraense com foco em diálogos sobre Amazônia

Deixe um comentário

Faça login para poder comentar.

Pesquisa de Conteúdo

Cadastre-se e fique sempre atualizado

FNCJ | Fórum Nacional de Comunicação e Justiça
CNPJ: 05.569.714/0001-39
Telefone: (11) 5242-1256

FNCJ nas Redes